Seguidores

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

SANTINA LOPES DA SILVA UMA NAMORADA DE VIRGOLINO FERREIRA DA SILVA


O escritor e pesquisador do cangaço José Bezerra Lima Irmão em seu livro, "Lampião a Raposa das Caatingas", na página 75, primeira edição, diz o seguinte:

Escritores José Bezerra Lima Irmão e João de Sousa Lima

(...)

Consta que Virgulino (Lampião) teria namorado também uma prima chamada Santina Lopes da Silva filha de sua tia Maria José (Dedé). 


A primeira experiência de Virgulino com mulher ocorreu quando ele tinha 14 anos de idade em companhia de outro adolescente, e mais tarde também cangaceiro chamado José Pereira da Cunha (vulgo Ventania), foi à "zona" de Vila Bela e se engalfinhou com uma madame de nome Penha. 

Tem-se notícia de que Virgulino entre os 17 e os 18 anos, teria tido um filho com uma moça chamada Alvinha de 19 anos. que caíra na vida", depois de ser renegada pela família, por ter sido "ofendida" por um caixeiro de loja.

COMO ADQUIRIR ESTA OBRA:

Basta entrar em contato com o professor Francisco Pereira Lima lá da cidade de Cajazeiras no Estado da Paraíba através deste e-mail:

franpelima@bol.com.br

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

SINHÔ PEREIRA..! O HOMEM QUE COMANDOU LAMPIÃO. ( CRÔNICA DE UM FAMILIAR)

Material do acervo do pesquisador do cangaço Voltaseca Volta

Meu querido e eterno, Bisavô mais um ano se passou, sem sem sua presença, e, como muita tristeza que venho a relembrar o dia da sua partida. O senhor era como um Pai para mim, pode passar o tempo que for mas a saudades bate e dói muito, mas sei que um dia iremos nos encontrar. São 37 anos sem o Senhor, mas as boas lembranças de nossos nossas conversas e, os conselhos carregarei comigo pra toda minha vidae sempre irei relembrar do Senhor de como o Senhor me tradava com tando carrinho e Amor. Como era bom, quando o Senhor deitava no safá lá de casa e o Senhor me pedia para cortar suas unhas. Lixar seus pés pois, o Senhor dizia já estou velho e, não consigo cortar minhas unas. Para mim era um privilegio pois, enquanto eu cuidava dos seus pés, o senhor ia nos contando suas histórias e ficávamos ouvindo e era muito bom. Te Amei muito, e sei que não só eu, mas meus irmão lhe Amavam e o Senhor retribui-a o seu Amor por nós. 

SAUDADES ETERNA.
Fonte: Facebook / Um bisneto

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=744943085707668&set=gm.717806148428332&type=3&theater

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

MAIS DUAS EXCELENTES OBRAS SOBRE CANGAÇO CHEGARAM PARA RESIDIREM EM MINHA ESTANTE

Por José Mendes Pereira

No dia 30 de agosto de 2017, recebi na minha casinhola o livro que tanto os pesquisadores, escritores, leitores do cangaço e eu, esperávamos, com o título “LAMPIÃO E O CANGAÇO NA HISTORIOGRAFIA DE SERGIPE” VOLUME I (os volumes II, III, IV e V serão lançados posteriormente), escrito pelo pesquisador do cangaço Dr. Archimedes Marques um dos mais competentes com suas pesquisas sobre o movimento social dos cangaceiros. 


Além deste, recebi também o livro "SILA DO CANGAÇO... AO ESTRELADO" escrito pela sua esposa, a escritora e pesquisadora do cangaço Elane Marques. 


Agradeço  ao nobre escritor e pesquisador do cangaço Dr. Archimedes Marques por sempre lembrar deste estudante do cangaço e da minha humilde estante, que aos poucos, está aumentando os seus hóspedes.

Os interessados pelos livros citados é só entrarem em contato com o escritor Dr. Archimedes Marques através deste e-mail: archimedes-marques@bol.com.br, que serão atendidos imediatamente. 

Aos autores, o meu agradecimento e continuaremos, o blog e eu ao inteiro dispor dos escritores Dr. Archimedes Marques e Elane Marques.

Estudante do cangaço José Mendes Pereira

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

DEPOIMENTO VICENTE RODRIGUES ANGICO PARTE 02

https://www.youtube.com/watch?v=Jdep4tpRldw&feature=youtu.be

Material do acervo do pesquisador do cangaço Sálvio Siqueira

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

BOM DE VERAS! UM CANGACEIRO RESPEITADO POR SER UM VAMPIRO E BOM DE TIRO!!!

Por Guilherme Machado
Pesquisadores Rubinho Lima e Guilherme Machao

Bom de Veras nasceu em Caririzinho hoje atual Sitio dos Moreiras Pernambuco, com o nome de Manuel Marcelino, Bom de Veras entrou no bando de Lampião em 1926 em Juazeiro do Norte no Ceará. Bom de Veras era branco loiro alto malvado e poeta cantador... 


Um exímio atirador respeitado no Cangaço graças a sua habilidade em manuseio as armas de fogo. O meliante era tão perverso que não se dava por satisfeito! Além de matar suas vítimas bebia lhe o seu sangue.

No Cangaço tinha um propósito de nunca revelar nada de sua vida particular. Bom de Veras fez parte da desastrosa invasão à cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte em 1927. 

O Cangaceiro Bom de Veras era também irmão dos Cangaceiros, Lua Branca e Vinte e Dois. 

O Cangaceiro Bom de Veras foi baleado e mor
to em 1931 em Mulungu no Estado de Alagoas.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1322980621139193&set=gm.908548972642553&type=3&theater&ifg=1

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

BEZERRA MATA LAMPIÃO | O CANGAÇO NA LITERATURA #89

https://www.youtube.com/watch?v=QX82JZ6pjl0&t=

Nesta semana nosso canal atravessou todo percurso entre o momento que João Bezerra recebe o telegrama desde Piranhas até a entrada da Grota do Angico. Vamos nesta viagem comigo? Não foi muito fácil, mas está aqui um grande presente. Ah, aqui o link do Picoca https://www.youtube.com/user/PicocaLOL

Robério Santos II

Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

CARIRI CANGAÇO NOS 100 ANOS DE NAZARÉ DO PICO

https://www.youtube.com/watch?v=PwTV3hGqrMY&feature=share

Com a participação de Cariri Cangaço a cidade de Floresta comemorou os 100 anos de Nazaré do Pico - foi no dia 12 de outubro de 2017 que a Vila de Nazaré celebrou o seu aniversário, uma das datas mais importantes para seu Povo Nazareno.

Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube

Verluce Ferraz

https://www.facebook.com/groups/545584095605711/?multi_permalinks=908447942652656%2C908443552653095%2C908271399336977%2C907892279374889%2C907892832708167&notif_id=1508325036164209&notif_t=group_activity

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

O ACERVO DE LAMPIÃO

Material do pesquisador do cangaço Pedro R. Melo

Fotografia registrando o momento da entrega de objetos pertencentes a Lampião ao Capitão João Bezerra da Silva, após o combate em que fulminou o terrível cangaceiro, que assolou o nordeste por vários anos como uma verdadeira praga, e foram-lhes confiados a entrega pelo interventor Osman Loureiro, antes de serem entregues ao instituto histórico de Alagoas, que os guardou.

Foto: Jornal "A Noite" (Rio de Janeiro)

Desconhecido, João Bezerra (ao centro) e repórter Melchiades da Rocha (Jornal "A Noite")

Objetos recolhidos de "Lampião", morto em "Angico". Notam-se chapéus de Couro, bornais bem costurados e coloridos, cartucheira e enorme punhal.

Acesse, participe, divulgue e compartilhe👍
Pedro Ralph Silva Melo (Administrador)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1945653319091458&set=gm.1771925769774242&type=3&theater&ifg=1

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

ENVIADO POR LAMPIÃO (PESQUISADOR)- DA VIDA NÔMADE DAS CAATINGAS PARA O CONFORTO DE UM LAR.

Material do acervo do pesquisador do cangaço Pedro R. Melo

No mez de novembro (1935), quando já há mezes "Lampeão" se internara nos sertões alagoanos, ocorreu um episódio curioso, em tempo noticiado pela "A Noite" (jornal).

Certo dia vae ter a residência do Dr. Nestor dos Santos Selva, juiz municipal de Matta Grande, um indivíduo trazendo um recém-nascido, acompanhado de um bilhete do famoso cangaceiro. Era um filho de "Gato", um dos companheiros do seu bando, "Lampeão" confiava a autoridade judiciaria da zona, para criar e educar, como mezes antes acontecia com outra creança no interior de Sergipe. O juiz de Matta Grande não fugiu ao dever de humanidade que lhe era reclamado. A creança foi baptisada com o nome de José Maria, teve padrinhos e chupeta. Talvez não siga a tradição dos pais... (Bandoleiros).

(A NOITE, -1935 - Ed. 8341)
A matéria foi transcrita e mantida a grafia da época.
Foto: Jornal "A Noite" (Rio Janeiro)
José Maria, já entregue aos cuidados da família do juiz que o acolheu
Obs: É Impossível detalhar qualquer aspecto da imagem, pela má qualidade da fotografia, o que vale é o registro.
Acesse, participe, divulgue e compartilhe

Pedro Ralph Silva Melo (Administrador)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1945696145753842&set=gm.1771953903104762&type=3&theater&ifg=1

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

PALESTRA!


Enviado pelo professor, escritor,  pesquisador do cangaço e gonzaguiano José Romero de Araújo Cardoso

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

CARIRI CANGAÇO FLORESTA / NAZARÉ DO PICO 2017

Por Cristiano Ferraz

Após encerrar mais um Cariri Cangaço, o segundo em Floresta e Nazaré. Com uma grande participação de pesquisadores, estudiosos, escritores e pessoas da localidade, tivemos uma programação bastante diversificada com a distribuição de títulos e diplomas e homenagens a diversas pessoas (entre estas, o curador do Cariri Cangaço Manoel Severo Barbosa), visitas de campo (Fazenda Favela e Poço do Negro) e caminhadas pelo centro de Floresta e da Vila de Nazaré do Pico mostrando pontos de interesse cultural e ligados às histórias do cangaço. 

Com a sensação de dever cumprido e gratidão a todos os que se dispuseram a participar conosco na organização do evento e dos que nos visitaram no intuito de conhecer nossa história e cultura, esperamos ter correspondido às expectativas. Ficam também as desculpas pelas eventuais falhas, inerentes a qualquer evento de grande porte como o que acabamos de encerrar.

O sentimento que fica é o de satisfação, gratidão e saudades de todos. Até a próxima e um grande abraço.




Na sepultura de cinco soldados mortos no "fogo da Favela". — com Marcos De Carmelita Carmelita eJorge Remígio em  fazenda Favela Floresta (Pernambuco).




Nas ruínas da antiga casa da Fazenda Favela. — com Wescley Rodrigues


Antiga sede da Fazenda Favela em Floresta. — com Verluce FerrazOsorio Ferraz Gominho e Leonardo Ferraz Gominho.  



Atual sede da Fazenda Favela em Floresta.





Em frente à casa que pertenceu a Teophanes Torres em Floresta. — com Jorge RemígioValdir José NogueiraLuiz Firmo Ferraz FilhoGeraldo Ferraz,Manoel Serafim e Clênio Novaes.

Marina e Manoela Ferraz durante almoço na GRE em Floresta. — com Vanessa Rosa Novaes F. Ferraz e Célia Maria.

Manoela e Maria Luiza — com Vanessa Rosa Novaes F. Ferraz em  Floresta (Pernambuco).

Em frente ao prédio da antiga Força Pública, o nosso Batalhão. — com Ricardo FerrazFranci Mary Carvalho OliveiraLuiz Firmo Ferraz Filho e outras 19 pessoas.


Em frente à antiga residência de Antônio Serafim de Souza Ferraz (Antônio Boiadeiro). — com Leonardo Ferraz Gominho em  Floresta (Pernambuco).

Em frente à antiga residencia de Antonio Boiadeiro em Floresta. — com Leonardo Ferraz Gominho e Cangaceiros Cariri.

Em frente ao memorial Conceição Cahú. Filha do soldado de Volante José Cahú. — com Vanessa Rosa Novaes F. Ferraz.









Em Nazaré com Zinho Pereira



Com Quirino Silva








Entrega de títulos às escolas de Nazaré do Pico. — com Ricardo FerrazMarcelino Granja e Manoel Severo Barbosa.

Final de tarde do dia 14/10/2017 em Nazaré com Margarida, filha de Manoel Neto e parte da comitiva de Poço Redondo-SE. — com Franci Mary Carvalho OliveiraAndre AreiasVanessa Rosa Novaes F. FerrazSilvania NascimentoMaria Oliveira e Marcelo Alves.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1262902283815076&set=pcb.1262910160480955&type=3&theater&ifg=1

http://blogdomendesemendes.blogspot.com